Review - O Negócio

Série nacional no pedaço, olha que maravilha. A gente sabe que nosso cinema está se tornando cada vez mais competitivo internacionalmente, mas as sérias ainda pecam por aqui né, tirando algumas produções globais, mais com cara de novela do que de série, a HBO arriscou e lançou O Negócio, série sobre um grupo de garotas de programa que precisam aumentar seus lucros. Eu como estudante de Publicidade e Propaganda precisava ver as leis de Kotler sendo aplicadas em uma profissão tão antiga, vamos dizer assim. 


Domingo passado estreou na HBO a série nacional O Negócio, que conta a vida de 3 prostitutas de luxo, aplicando leis de marketing para conseguir obter mais lucros. A série é narrada por Luma (Juliana Schalch) que nos apresenta primeiro sua amiga Karin (Rafaela Mandelli) que já tem 31 anos e está preocupada porque não fez ainda seu pé de meia. Ela vive brigando com seus bookers (cafetão) porque não acha justo eles ficarem com uma parte da grana, então começa a pensar em alguma forma de obter mais lucro e se tornar independente, sem precisar de ninguém agendando seus encontros. Já Luna é jovem, bonita, de classe média, que faz programa em troca de gabarito de prova, de bolsa de estudo para cursos com milionários, e tem como objetivo de vida, se casar com um deles, para se garantir por muito tempo. Ela trabalha em uma boate e vive fingindo ser de família rica e de boa índole. A última menina, Michelle Batista que interpretará Magali, não apareceu no piloto, mas li que ela vai ser uma moça do interior, ingênua, e que faz programas em troca de favores.

As três meninas vão se unir para aplicar as leis de marketing no seu negócio, porque ''a profissão mais antiga do mundo não precisa  ser a mais atrasada do mundo também'' e Karin, como pioneira, resolve fazer um teste da teoria que aprendeu na internet, em uma boate, fazendo o número de clientes aumentarem. Ela sai confiante e decidida a ganhar seu dinheiro sem depender de ninguém, quer dizer, além dos clientes.

A HBO fez um trabalho incrível nas ambientação, achei tudo muito elegante e brasileiro, mas me fez lembrar muito das séries gringas. A interpretação das atrizes não é lá digna de oscar, mas não me incomodou, e nem o ritmo lento que as coisas aconteceram. A única coisa que ficou meio estranho foi que, várias vezes, ninguém, falava nada e ficava aquela sensação de esqueci meu texto, mas enfim, espero que melhore. A emissora disse que inicialmente a série é para o público masculino, mas eu como profissional da área, HAUAHU pirei com as citações que eu vi várias vezes em sala de aula, e estou louca para aprender com as meninas como fazer meu negócio virar um sucesso, no bom sentido. 



8 comentários:

  1. Oi, Michelle!
    Confesso que fiquei com o pé atrás, fico com muita vergonha de assistir cenas hot assim, como passaram nas propagandas. Acho que para você, como estudante da área, será mesmo interessante. Mas eu vou passar por enquanto. ^^
    Beijocas e um ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  2. Oi Michelle, nunca me empolguei por nenhuma série brasileira. Os roteiros não são interessantes e tentam tanto imitar o que é feito lá fora que ficam perdidos.
    Essa série parece ter uma temática bem interessante, mas parece que ainda precisa de alguns pequenos ajustes pra ficar legal mesmo. Quem sabe mais pra frente?
    Assim como a Kellen vou deixar passar por hora, mas ficar de olho.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  3. Puxa que interessante!! Achei bem legal a ideia, vou ver se assisto o próximo ep ^^

    Att, Line
    Puta Merda!

    ResponderExcluir
  4. Eu vi uma propaganda quando ia estrear mas não gostei muito, sabe quando a gente não vai muito com a cara? Pois é. hehe


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  5. Eu não conhecia a série e para ser sincera não fiquei com muito interesse de assisti-la.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Michelle, muito legal a novidade!
    Noa tinha ouvido falar da serie ainda e apesar de nao ser essa a minha area, eu, como amante de seriados em geral, com ctz nao vou eprder a chance de assistir! :D
    Biejos
    http://nolimitedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Esta série eu gostei eu acho que é muito diferente do que estamos acostumados e pode ser O Negócio virou um pouco controverso, mas acho que o tema desta série tem sido abordado no caminho certo, eu comecei a vê-lo por curiosidade mas, eventualmente, me pegou completamente e eu considero que uma segunda temporada é bem merecida, já que a forma como ele se desenvolve é excelente.

    ResponderExcluir
  8. É ótimo que interessados em produzir séries HBO Latino, acho que o O Negocio Michelle Batista é uma boa história e a segunda temporada como outras séries com o rótulo Latina que me surpreendeu por boas histórias merecia.

    ResponderExcluir